23 de março de 2015

Financiers


Este lindo gatinho que vêem aqui a espreitar, constava na minha lista de presentes (a receber) pelo Natal/anos.


Às vezes não tenho ovos, vou à minha mãe que me diz "vai à tua avó" que me diz "nem meia dúzia ali tenho, as galinhas não andam a pôr nada" e lastima-se, lastima-se.



Depois existem semanas que chegam cá a casa verdadeiros carregamento de ovos, mãe, avó, a outra avó, conhecidos... nem sei onde arrumar tanto ovo!

Foi o que me aconteceu nesta altura, então para começar a despachar a coisa faço o pão de ló de Alfeizerão. Lá se vão 12! Depois guardo as claras, congelo 3 a 3 ou 4 a 4, conforme. Mais tarde começo a pensar como hei-de despachar aquelas claras... se no bolo angel food, em macarons...

Então estou eu a passear aqui na blogosfera e deparo-me com uns bolinhos muito apelativos e lindos, lindos só como a Patrícia do Coco e Baunilha sabe fazer!

Inspirada pelas suas receitas e pelas suas palavras sobre estas pequenas maravilhas, mas querendo fazer algo mais básico, vou ao meu livro adorado "Ladurée" e encontro-os! Realmente são deliciosos, a massa é fofa, leve e ligeiramente húmida.


Esta última foto que aqui vêem foi mesmo uma dentada sem cerimónias. Já no desespero, de tanta foto e eu cheia de fome de gulodice. Ahhh que me soube tão bem! No final da sessão lá se foi. E digo-vos, voaram todos num abrir e fechar de olhos.

Ingredientes(fiz metade - deu para cerca de 12-14)
95g de manteiga
195g de açúcar em pó
70g de farinha tipo 45
65g de farinha de amêndoa
2 pitadas de fermento em pó
6 claras de ovo
1 colher de café de baunilha líquida

A pasta de financier prepara-se idealmente no dia anterior.

Preparação:

1. Numa caçarola, derreta a manteiga e deixe-a colorir em lume médio até que ganhe uma cor acastanhada. Assim que obtenha a cor avelã, mergulhe o fundo do recipiente em água fria para parar a coloração. Deixe arrefecer ligeiramente;

2. Numa tigela, misture o açúcar, a farinha e a amêndoa moída. (Pode fazer isto num robot de cozinha.) Incorpore o fermento ao pó obtido, junte de seguida as claras de ovo pouco a pouco para não ganhar grumos com a ajuda de uma espátula (Usei também um pouquinho a batedeira). Verta de seguida a baunilha e por fim a manteiga morna. Misture;

3. Refrigere a pasta no frigorífico no mínimo 12 horas (deixei apenas algumas horas);

4.No dia seguinte, pré-aqueça o forno a 210ºC;

5. Encha as formas de papel até 3/4 da sua altura;

6. Enforne-os e deixe cozer por 6-8 minutos. Quando os financiers ficarem bem dourados, retire-os do forno. Deixe-os arrefecer ligeiramente;

Conselhos:
Pode-se conservar a pasta crua 2-3 dias no frigorífico num recipiente fechado;
Uma vez cozidos, conservam-se durante 3-4 dias. Guarde-os numa caixa hermética.

Deliciem-se!!

Fonte: Livro Ladurée - Sucré


3 comentários:

  1. essa ultima foto....o aspeto interior bem fofinhos...aspeto delicioso


    www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Nem dá para perceber como podem ter voado... eheh, esta última imagem então está assim qualquer coisa de tentador. Já provei financiers, mas nunca fiz e goste, mas aposto que não eram tão bons quanto estes que aqui apresentas que, a meu ver estão perfeitos. :) E que cor linda, vou roubar um. ;)
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Que bom aspecto!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar